HÉVERTON FERNANDES poesias de amor

SEJAM BEM VINDOS (AS) A ESTE BLOG
ELE FOI CRIADO POR UM DEFICIENTE QUE APRENDEU A CRIAR POESIAS DE UM AMOR, PARA UM AMOR, DE UMA HISTÓRIA, DE UM DESABAFO ETC...
DEIXE SEU COMENTÁRIO E SE DESEJAR, SIGA-O.
QUE DEUS TE ABENÇOE!


20/03/2015

ENQUANTO NÃO PARAR DE CHOVER

  
ENQUANTO A CHUVA MANSA CAIA NO CHÃO
ACELERAVAM OS BATIMENTOS DO CORAÇÃO
E SEU NOME ERA FALADO COM O PENSAMENTO.
A CHUVA NÃO PASSAVA E O CLIMA IA ESFRIANDO
PEGUEI O COBERTOR E DEPOIS FIQUEI PENSANDO
COMO EU QUERIA TER VOCÊ NESTE MOMENTO.
TRANQUEI AS PORTAS DA CASA E FIQUEI SOZINHO
IMAGINANDO O CALOR DOS SEUS CARINHOS
MAS, SÓ A CAMA ME OUVIU TE CHAMAR.
FIQUEI QUIETO DENTRO DESSE QUARTO VAZIO
SÓ AS PAREDES ME OLHAVAM SENTINDO FRIO
EU SÓ PODIA TE VER NA TELA DO CELULAR.
ENQUANTO NÃO PARAR DE CHOVER
FICO PENSANDO SOMENTE COISAS SOBRE VOCÊ
MUITOS PLANOS E MUITAS LEMBRANÇAS...
A CHUVA NÃO IRÁ LEVAR EMBORA AS ALEGRIAS
NÃO ESQUECEREI AS MADRUGADAS FRIAS
A ÚLTIMA QUE PODE MORRER É A ESPERANÇA.
JÁ VEJO A CHUVA DIMINUINDO O SEU SOM
ATÉ QUE ESSE TEMPO FRIO É BOM
MESMO QUE TE ABRAÇAR SEJA SÓ UM DESEJO.
AINDA EXISTEM ENXURRADAS NO TERREIRO
CAÍRAM ALGUMAS LÁGRIMAS NO TRAVESSEIRO
NÃO FOI EMBORA A VONTADE DO SEU BEIJO.


HÉVERTON