HÉVERTON FERNANDES poesias de amor

SEJAM BEM VINDOS (AS) A ESTE BLOG
ELE FOI CRIADO POR UM DEFICIENTE QUE APRENDEU A CRIAR POESIAS DE UM AMOR, PARA UM AMOR, DE UMA HISTÓRIA, DE UM DESABAFO ETC...
DEIXE SEU COMENTÁRIO E SE DESEJAR, SIGA-O.
QUE DEUS TE ABENÇOE!


16/01/2016

SEM TEMPO PARA CONTROLAR O CORAÇÃO



ANDANDO DE PÉS DESCALÇOS NA AREIA
COM O PENSAMENTO TÃO DISTANTE.
FEZ O SANGUE FLUIR RÁPIDO NAS VEIAS
FAZENDO-ME PARAR POR UM INSTANTE.
ALGUNS PASSOS QUE NA AREIA DEIXEI
FICARAM COMO UM BREVE CAMINHO.
A MARÉ DESMANCHAVA AONDE PISEI
IAM DESMANCHANDO DEVAGARINHO.
A MARÉ VINHA E VOLTAVA PARA O MAR
E EU ALI SENTADO, SENTINDO O VENTO.
SENTIA DOIS BRAÇOS VINDO ME ABRAÇAR
ISSO, EM UMA CENA NO PENSAMENTO.
EU FIZ UM CASTELO DE AREIA NA PRAIA
DEPOIS VEIO A MARÉ E O DESMANCHOU.
PARA A SOLIDÃO EU PEÇO QUE SAIA
POIS, A FELICIDADE A MARÉ NÃO LEVOU!
CAMINHEI PARA LONGE DAS MARÉS
DEIXEI ESCRITO UM NOME JUNTO AO MEU.
NA AREIA O DESENHO DOS MEUS PÉS
E NO PENSAMENTO, FICOU O ROSTO SEU.

HÉVERTON